O que é o Enem?

Enem – Exame Nacional do Ensino Médio é uma ferramenta de avaliação do estudante ao fim do ensino médio. Podem participar deste Exame os alunos concluintes ou que já encerraram este nível de escolaridade básica.

A partir de 2009, o Enem passou a servir como meio de ingresso em Instituições públicas privadas, substituindo ou complementando o antigo processo de seleção dos vestibulares. Além disso, ele serve como critério para conquista de bolsas e financiamentos em redes privadas de ensino superior.

[Ache os cursos e faculdades ideias para você!]

Como utilizar o Enem para financiamentos e bolsas na faculdade?

A participação no Enem pode servir como critério de seleção de candidatos que busquem por bolsas e financiamentos em faculdades da rede privada. O Ministério da Educação (MEC) criou dois Programas que garantem aos jovens que não possuem condições financeiras para arcar com os gastos da mensalidade, uma segunda opção de iniciar e manter os estudos de nível superior em Instituições não gratuitas.

Prouni – O Programa Universidade Para Todos oferece bolsas integrais e parciais em instituições de nível superior privadas, nos cursos de graduação e sequenciais.

As bolsas integrais são fornecidas para os candidatos que possuem renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio, e as bolsas parciais, de 50%, para os candidatos com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa.

Para concorrer a uma bolsa, o interessado tem que ser brasileiro, não possuir diploma de graduação e ser egresso do ensino médio público ou da rede privada com a condição de bolsista integral. Além do mais, é obrigatória a realização da edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ter conquistado uma média de 400 pontos nas cinco notas (ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e redação) e a redação deve ter nota maior que zero.

Para se inscrever o candidato deverá acessar o portal do Prouni e realizar seu cadastro, escolhendo até duas opções de instituições, cursos e turnos, entre os que estiverem disponíveis. No momento da inscrição, serão solicitados o número de inscrição e senha do Enem (edição mais recente) e número do CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Fies – O Fundo de Financiamento Estudantil também é um programa do MEC, porém destinado ao financiamento integral ou parcial das mensalidades de candidatos matriculados em Instituições de ensino superior particulares.

O Financiamento pode ser solicitado por alunos matriculados em Instituições que sejam aprovadas pelo MEC, tenham avaliação positiva nos processos conduzidos para qualificar o ensino superior. Os estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 deverão ter realizado, obrigatoriamente, o Enem do ano de 2010 ou posterior para solicitar o financiamento.

O valor cobrado na taxa de juros é de 3,4% ao mês e o estudante pode solicitar o financiamento em qualquer período do ano. E o pagamento só é realizado após a conclusão da graduação.

Veja abaixo, como funciona o processo de Financiamento:

Durante o curso, o estudante irá pagar somente uma taxa máxima de 50 reais a cada três meses, referente aos juros sobre o financiamento.

Após a conclusão, o estudante terá o prazo de 18 meses (carência) para recuperar seu orçamento. Durante este período, ele continuará pagando os 50 reais a cada três meses.

Encerrado o período de carência, o saldo da dívida será parcelado em até três vezes o período financiado do curso, mais 12 meses.

Para aqueles que possuem interesse em realizar um Financiamento, basta acessar o Simulador do Fies e fazer uma projeção de qual será o valor pago durante e após a conclusão do curso. Faça sua simulação!