Quem não quer fazer uma faculdade de qualidade sem precisar pagar nada ou com um descontão de 50%?

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é uma das principais formas de conseguir essa super ajuda. Criado para ampliar o acesso da população de baixa renda ao ensino superior, já beneficiou quase 2 milhões de estudantes com bolsas integrais e parciais.

Se você tem interesse em ganhar uma bolsa de estudos do ProUni em 2017, fique ligado no guia que preparamos a seguir. Vamos mostrar o passo a passo de como se inscrever no processo seletivo!

1. Descubra se você pode participar do ProUni 2017

Antes de pensar em se inscrever, é importante verificar se dá para participar do ProUni em 2017. O programa tem uma série de regrinhas e se você não cumprir alguma delas pode não conseguir fazer o cadastro ou, pior, sofrer penalização por ter informado dados incorretos.

As condições para se inscrever no ProUni 2017 são:

  • Não ter diploma de nível superior.
  • Ter renda familiar bruta mensal de no máximo um salário mínimo e meio por pessoa (para concorrer a uma bolsa integral) ou até três salários mínimos por pessoa (para tentar uma bolsa parcial).
  • Ter feito todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral de escola particular.
  • Ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação.

Cumpriu todos os requisitos? Ótimo! Então você pode seguir para o passo dois.

2. Anote as datas de inscrição do ProUni 2017

O ProUni terá duas edições em 2017 e os requisitos para participar são os mesmos no primeiro e no segundo semestre.

A primeira edição abre inscrições no dia 31 de janeiro de 2017. Mas atenção! Não deixe para a última hora. O prazo é curto: encerra no dia 3 de fevereiro. São apenas quatro dias úteis!

3. Saiba as informações que serão pedidas na inscrição do ProUni 2017

O procedimento de inscrição do ProUni é simples. No entanto, por se tratar de um programa voltado para quem mais precisa de ajuda para pagar a faculdade, é preciso garantir que todos os critérios sejam cumpridos.

Por isso, o formulário pede, entre outros itens:

  • Seu número de inscrição e senha do Enem 2016, para recuperar automaticamente a pontuação e seus dados cadastrais. Não lembra mais? Não tem problema. Acesse a Página do Participante do Enem, clique em “Portal do Participante” e depois em “Esqueci minha senha”. Siga as orientações da tela para recuperar os dados.
  • Informações sobre a condição financeira de seu grupo familiar – dados pessoais e renda de todos os membros de sua família que moram na mesma casa que você.

4. Acesse o sistema do ProUni 2017 no primeiro dia de inscrições

Entre no site do ProUni, digite seu número de inscrição e senha do Enem 2016 e depois em “Entrar no ProUni”.

Lembra do que a gente falou sobre não deixar para a última hora? Você vai entender melhor mais adiante.

5. Preencha os dados solicitados

Informe todos os dados pedidos na página de inscrição. Lembre-se de preencher tudo com bastante atenção.

6. Faça uma busca pelas vagas oferecidas

Você pode consultar as bolsas disponíveis fazendo uma busca por curso, cidade ou faculdade. Confira os detalhes das vagas em que você tem interesse: turno, número de vagas, localização, modalidades de concorrência, etc.

Aproveite para ver se você se encaixa nos critérios para disputar uma bolsa reservada às cotas e a documentação necessária, se houver.

7. Selecione duas opções de curso e confirme a inscrição.

Dentre as vagas que você buscou, selecione sua primeira opção. Lembre-se de marcar o curso, faculdade, unidade/cidade, turno e modalidade de concorrência.

Agora marque a segunda opção. Caso não passe na primeira, você tem uma segunda chance de ser contemplado com a bolsa. Confirme sua inscrição.

8. Volte ao sistema do ProUni todos os dias até o encerramento das inscrições.

Pensou que era só fechar o computador e torcer para ser aprovado? Pois temos uma dica de ouro que pode aumentar – e muito! – sua chance de passar no ProUni 2017.

Todos os dias, enquanto durarem as inscrições, o sistema do ProUni faz uma classificação prévia entre os candidatos que escolheram a mesma opção (de curso, turno, faculdade, modalidade de concorrência) e divulga a nota de corte – menor nota para passar naquela vaga.

Observe a nota de corte parcial para sua primeira e segunda opção e compare com sua pontuação no Enem. Se o seu desempenho estiver acima da nota de corte, significa que você poderá ser selecionado. Se estiver abaixo, é melhor mudar de opção, escolhendo uma que exija menos pontos.

As notas de corte parciais mudam todos os dias e não garantem vaga, são apenas informativas. Mas você pode mudar de opção quantas vezes quiser. Fica valendo sempre a última escolha gravada no sistema.

9. Foi selecionado? Fique de olho nas datas de matrícula!

O ProUni faz uma pré-seleção dos bolsistas, mas isso não garante a vaga. É preciso ficar atento ao cronograma e comparecer à faculdade para efetuar a matrícula. Quem não cumprir essa etapa perde a vaga.

10. Não passou? Tente as vagas remanescentes

Após as chamadas regulares, o ProUni abre um processo para preencher as vagas que sobram. Confira, no site do Programa, o que fazer para participar.

Faculdades do ProUni 2017

São muitas as instituições participantes do ProUni e provavelmente você encontrará alguma perto de sua casa. Todas são reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC. Conheça algumas:

Veja também:

Saiba que nota você precisa tirar no Enem para conseguir ProUni

Gostou do passo a passo de inscrição do ProUni? Vai seguir nossas dicas? Conte para a gente aqui nos comentários!