Já vimos o que é e como funciona o Sistec – Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica. Agora que também já sabemos a quem se destina esse sistema do governo, vamos entender como chegar até ele e quais os procedimentos mais importantes para utilizá-lo.

Vale relembrar que o Sistec, que é uma plataforma inovadora vinculada ao Ministério da Educação, é atualizado regularmente, com dados de estudantes que cursam o ensino médio e/ou técnico em escolas públicas ou privadas. O sistema se destina à todas as instituições de ensino com esse perfil, sejam elas da esfera municipal, estadual ou federal. Essa é a melhor maneira para que os estudantes consigam a validação do diploma. No entanto, será que é fácil a qualquer pessoa ter acesso ao Sistec?

Como acessar o sistema

Para acessar o Sistec, a instituição de ensino precisa solicitar o acesso através de um cadastro no Sistema deSegurança Digital –SSD. Esse sistema permite a criação de uma autenticação para este acesso, que pode ser realizada através de um identificador e de uma senha ou por meio de uma utilização de um certificado digital. Quem faz o cadastro pode definir sua preferência. A partir do SSD será possível atualizar e alterar dados e documentos. Contudo ter o cadastro nele é pré-requisito para acessar o Sistec.

Onde entram as instituições de ensino

Todas as informações contidas no Sistec devem ser fornecidas e atualizadas pelas instituições de ensino, credenciadas pelo Ministério da Educação. É responsabilidade dessas instituições, que oferecem cursos de nível médio e técnico, informar ao Sistema sobre cursos e ciclo de matrículas.

A instituição deve, primeiramente, ser deferida por um órgão validador, que é o órgão que a reconhece como apta a ministrar cursos de nível médio e técnico. Em seguida, o gestor dessa instituição terá que criar seu cadastro no SSD. Somente após esse procedimento é que será possível acessar o Sistec e realizar as três etapas para cadastrar os alunos. São elas:

  • Pré-cadastramento dos cursos;
  • Geração de um calendário de matrícula;
  • Cadastramento dos dados dos estudantes.

Uma vez feito o pré-cadastramento, as escolas receberão uma senha de acesso ao Sistema para validação.

O procedimento é repleto de questões técnicas e, por isso, é importante estar atento a todas as etapas do processo. Além disso, é necessário considerar que tanto o ciclo de matrículas, como o cadastramento de alunos seguido de atualização dos dados desses estudantes, são atividades recorrentes e que devem ser feitas com frequência regular.

Consulta Pública

As informações contidas no Sistec estão disponíveis para consulta de toda a sociedade. As informações sobre as instituições de ensino, os cursos oferecidos e a quantidade de estudantes estão elencadas pelo sistema e são disponibilizadas através do MEC. Além disso, é possível pesquisara a respeito dos Campus de ensino federal.

Através do site do Sistec, os estudantes também podem conferir informações sobre a validação e autenticidade dos diplomas.

Ficou claro quem pode e como ter acesso ao Sistec? Aproveite para conferir você também! Não deixe de compartilhar essas informações com seus amigos!